Postagens

Mostrando postagens de Maio 20, 2011

Ah! Se a SEDUC fosse a EMATER...

Imagem
PAPERBLOG




Valido a inscrição do meu blog ao serviço de Paperblog sob o pseudónimo peixoto1967

"DO COMEDOR SAIU A COMIDA E DO FORTE SAIU A DOÇURA".Por essa os Trabalhadores em Educação de Rondônia não esperavam!

Imagem
Do considerado, pela direção do SINTERO, algoz, perseguidor impar e despótico administrador dos Trabalhadores em Educação de Rondônia virá a Gestão Democrática para as Escolas Públicas de Rondônia.Por que será que a comida e a doçura não vinheram desses "Heroes" acima?
1. Quem diria não é? Os “heroes” dos Trabalhadores da Educação, o SINTERO lançou em 2007 uma campanha para colher mais de 40 mil assinaturas de cidadãs e cidadãos rondonienses, visando dar entrada em um Projeto de Lei de Iniciativa Popular que garantisse a implantação da gestão democrática plena nas escolas estaduais. Todavia, as preocupações de outra ordem, entre elas a de como se manter no poder durante o governo Cassol desviaram para bem longe toda a sua força na ocasião. Eles, simplesmente, esqueceram! Deixaram de molho para outro momento qualquer. Um novo governo assumiu e a velha vontade do grupo, que dirige o sindicato desde sua fundação, de permanecer no poder fez com que, de novo, eles se preocupassem …

DALLARI ACUSA STF: PRISÃO ILEGAL, FARSA PROCESSUAL, IMORALIDADE...

Imagem
Dalmo Dallari denuncia: a competência do Supremo Tribunal Federal para decidir sobre o pedido de extradição de Cesare Battisti está esgotada e, ao "fingir" o contrário, o STF incorre numa "simulação jurídica que agride a Ética e o Direito".
Segundo ele, simula-se que o processo esteja "pendente de decisão do Supremo Tribunal, para saber se Battisti será ou não extraditado", quando, na verdade, já houve "decisão transitada em julgado".
Como consequência, ao "manter Battisti na prisão, sem que haja qualquer fundamento legal para isso", o STF comete "ato de extrema violência", agravada pela "farsa processual" que "desmoraliza a Suprema Corte brasileira".
Tido como o maior jurista brasileiro vivo, Dallari manifesta sua indignação no artigo Prisão ilegal de Battisti: uma farsa jurídica.
O professor catedrático da Unesco lembra que o Supremo, em novembro de 2009, autorizou o presidente da República a pronunciar a …