Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 26, 2018

Usando o método Moro-Gebran-Laus de condenação.

Imagem
pelo Historiador Fernando Horta

-Senhor Zé, o senhor está sendo condenado por estupro.
- Mas como estupro? Eu nem cheguei perto dela.
- Seu Zé aqui mostra que o senhor olhou duas vezes para ela. Duas vezes. E o senhor tem força suficiente para estuprar. Já vimos outros estuprarem na mesma situação, então ...
- Mas eu não estuprei ...
- Mas ia ... certamente ia. Ela era muito gostosa, qualquer pessoa na sua posição estupraria.
- Mas como assim "qualquer pessoa"?
- Digo, qualquer pessoa, não educada, pobre, analfabeta, suja, preta como o senhor. Esta gente não se segura. Estupra mesmo e é por isto que estamos aqui. Para guardar a sociedade de pessoas como o senhor.
- Mas eu não estuprei ninguém ...
- Como o senhor prova que não estuprou?
- Eu pedi perícia para o juiz no primeiro grau para provar ...
- E foi negada! Era perícia protelatória. O juiz fez certo em negar. O senhor e seu advogado querem só tumultuar o processo.
- O senhor tem alguma forma de provar que não estuprou?
- Eu tenho…