Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 28, 2011

SERÁ QUE VALE TUDO PARA CHAMAR A ATENÇÃO DOS ALUNOS EM SALA DE AULA?

Imagem
A notícia eu soube ontem a noite dia 27/02/2011 no Programa da Rede Record: Domingo "Espetacular". Pois, foi justamente, a espetacularizaçãosacana que programas como esse do dono da Record Edir Macedo e  de outras mídias  que me incomodou muito, contribuindo não para que o que acontece dentro de uma sala de aula seja debatido, mas, apenas pelo sensacionalismo barato que o povinho brasileiro adora. Foi o trato da questão, a abordagem que me indignou, pois como  uma vez sendo professor e já tendo passado por experiência parecida, onde minha metodologia foi considerada, heterodoxamente, escandalosa, eu me solidarizei com o colega da cidade de Santos /SP. Será que o único modelo ideal de "criatividade" na abordagens de temas interdiciplinares  ou não, são dos panacas das escolas privadas, muito bem pagos para fazerem o papel ridículo de palhaços, cantor sertanejos, pregadores do evangelho ou contadores de piadas enquanto "vendem" sua aula? Fica a questão no a…

Não é apenas um filme!

Imagem
Antonio Ozaí da Silva 26/02/2011 at 15:53

“... não são pedras que produzem filme, mas seres humanos que vivem em sociedade”
(Alexander Martins Vianna).


“Tudo isso, porém, não obscurece o fato de que a chamada Sétima Arte seja, antes de qualquer coisa, um produto. Apenas um produto. Um produto feito para consumo dentro da indústria do entretenimento”  (Francisco Giovanni Vieira)


O filme é um produto, mercadoria, valor de uso e valor de troca. A produção desta mercadoria específica exige investimentos – público e/ou privado – e envolve uma gama de indivíduos para além dos atores, figurantes e direção. Implica, portanto, utilização de força de trabalho e expectativa de lucro para os produtores e financiadores.
Em geral, não nos damos conta disto. Talvez seja insensato intuir que o espectador reflita sobre fatores para além do filme no momento em que o assiste. Afinal, em geral as pessoas não vêem filmes para analisá-los e se restringem à aparência. O próprio exercício de análise do filme a p…