Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 21, 2011

O NÓ CEGO CHAMADO REPRESENTAÇÃO DE ENSINO

Imagem
1-Prezado Governador, primeiro eu gostaria de saber afinal qual é o seu plano de governo para a educação para poder avaliar a importância ou não das RENS a partir DELE. Pois, uma coisa eu tenho certeza: durante o governo CACA ou caquinha [Cassol-Cahula] para trás, serviram-se delas mais para atrapalhar  que ajudar as escolas e os seus professores e demais servidores lá dentro.
2-Serviram-se dela para encher o saco, azucrinar, regular, vigiar e até punir escolas ou professores com invencionices pedagógicas tiradas da caixola de quem sabe que a sala de aula não foi feita para proporcionar o prazer do aprendizado aos alunos e nem o prazer de mediar a aprendizagem por parte dos professores.Pelo contrário, serve mais de celas que de sala de aula.
3- Serviram-se delas para sobrecarregar e burocratizar o calendário escolar com bobagens do tipo "semana da cidadania" ou projetos fraudulento tais como "Projeto meio ambiente limpo" que nem a própria REN da capital nunca aprov…

CLIMA DE ADEUS...

Imagem
Enquanto isso, numa "remota" Escola Pública da Capital, na 6ªFeira dia 18 de Fevereiro, final de tarde: um sombrio clima de adeus perambulava pelo ar....Seria o fim dos tempos?             "Oito anos estraga qualquer beleza!"

Contra o esquecimento!

Imagem
RESENHA 1-Os eventos tendem a perder força na medida em que o tempo passa. Os vínculos das novas gerações com o passado histórico de uma nação fragilizam-se e inclina-se à formalização, através do registro escrito, cinematográfico, etc. A compreensão do real significado dos acontecimentos que marcaram épocas e envolveram seres humanos reais, de carne e osso, tem uma dimensão que vai além do fator racional. É diferente conhecer a história pelos livros, relatos, etc. do reconhecer-se enquanto sujeito atuante no cerne dos fatos transformadores de uma dada época. É muito diferente o “estudar a História” do “fazer a História”.
2- Quanto mais presente a dimensão de pertencimento a um determinado tempo histórico, maior o comprometimento com o resgate e permanência da memória. Não obstante, o tempo não pára e com o passar do tempo a memória dos vivos é suplantada. O acesso das novas gerações à memória histórica é, então, possibilitado pela atividade intelectual dos escritores e pesquisadores i…

"O FATOR DEUS". Texto do José Saramago para nossa fruíção.

Imagem
"Por causa e em nome de Deus é que se tem permitido e justificado tudo, principalmente o mais horrendo e cruel"
José Saramago
Algures na Índia. Uma fila de peças de artilharia em posição. Atado à boca de cada uma delas há um homem. No primeiro plano da fotografia um oficial britânico ergue a espada e vai dar ordem de fogo. Não dispomos de imagens do efeito dos disparos, mas até a mais obtusa das imaginações poderá "ver" cabeças e troncos dispersos pelo campo de tiro, restos sanguinolentos, vísceras, membros amputados. Os homens eram rebeldes. Algures em Angola. Dois soldados portugueses levantam pelos braços um negro que talvez não esteja morto, outro soldado empunha um machete e prepara-se para lhe separar a cabeça do corpo. Esta é a primeira fotografia. Na segunda, desta vez há uma segunda fotografia, a cabeça já foi cortada, está espetada num pau, e os soldados riem. O negro era um guerrilheiro. Algures em Israel. Enquanto alguns soldados israelitas imobilizam um …