Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2010

CRÔNICA DA VITÓRIA ANUNCIADA

Imagem
Celso Lungaretti (*)
Quem acompanha meu trabalho, não precisou esperar até este domingo (31/10) para saber quem venceria a eleição presidencial.
Doze dias antes, em 19 de outubro, eu cantei a bola, no meu artigo O diabo trapaceou Serra: tomou-lhe a alma sem dar nada em troca: "...Serra não encontrou o mapa da mina.

"...Uma mudança surpreendente do quadro só seria possível se Serra fosse um personagem eletrizante; mas, seu estilo é de quem está sempre explicando o óbvio a estudantes burrinhos.

"O aborto (...) da hipotética virada já começa a se evidenciar nas pesquisas eleitorais.

"Pior que a derrota será a decepção causada por Serra àqueles que ainda acreditavam nele.

"Aceitar o apoio e beneficiar-se da baixaria das correntes virtuais ultradireitistas, fazer promessas demagógicas como a do salário mínimo de R$ 600 e colocar uma questão religiosa no centro da campanha o deixou com a imagem de quem pisa até no pescoço da mão para chegar à Presidência.

"O últ…

CRICRI, TROLOLÓ, LERO-LERO E CONVERSA MOLE

Imagem
Celso Lungaretti (*)
Depois do debate eleitoral (promovido por um pool de emissoras de TV) que decidiu -- ou pareceu ter decidido -- a eleição presidencial de 1989, a Rede Globo deve ter unilateralmente resolvido evitar que isto acontecesse de novo, nem que fosse preciso matar de tédio os telespectadores. Está conseguindo.
O certo é que agora monopoliza a data estratégica da antevéspera do 2º turno, mas não para promover debates, e sim chatíssimas sabatinas dos presidenciáveis, que são inquiridos por eleitores indecisos de todos os Estados.
Então, não se discute política propriamente dita, mas, tão somente, propostas administrativas que vêm ao encontro das aspirações dos eleitores, aferidas nas pesquisas qualitativas (pouco importando que sejam inexequíveis e virem letra morta depois...) e miudezas ridículas.
Às vezes dava a impressão de que, ao invés de um presidente, escolhia-se um síndico.
Bom para quem tem confortável vantagem, como Dilma Rousseff. O formato condiciona a que nada suc…

RETROCESSO EVITADO, A PRIORIDADE SERÁ DESLANCHAR O AVANÇO

Imagem
Celso Lungaretti (*)
Como não há mal que sempre dure, chegará ao fim neste domingo a campanha presidencial mais tediosa e deseducativa desde que o Brasil voltou à civilização, em 1985, depois de 21 anos de trevas.
O ritual democrático desta vez ficou em descompasso com o estado de ânimo do povo brasileiro.
Vivendo seu melhor momento econômico das últimas décadas, com mais empregos, mais ganhos, mais consumo e perspectivas douradas pela frente (pré-sal, Copa do Mundo e Olimpíada), o que nossa gente queria mesmo era manter Lula na Presidência.
Felizmente, ele fechou os ouvidos ao canto das sereias, não consentindo numa mudança das regras do jogo.
A segunda reeleição, com certeza, seria legitimada por um plebiscito e pela previsível avalanche de votos... trazendo consigo, entretanto, o espantalho do chavismo, pretexto pelo qual há muito anseiam as correntes mais nocivas e retrógradas deste país, sempre à cata de uma oportunidade para reeditarem 1964.
Dilma Rousseff foi a aposta de Lula para ma…

PROFESSORES JUDAS

Imagem
1. Há professores Judas em todas as Escolas deste país. No caso deste lugar chamado de rondônia, o fenômeno se sobressai. Muitos Judas daqui chamam demais atenção. Não são se preocupam com a descrição, salvos algumas poucas exceções. Talvez estes, sejam os mais perigosos. Provavelmente estarão atuando no novo próximo governo que aqui for eleito no segundo turno, se as pesquisas estiverem corretas. Não importa se o governo for do candidato Confúcio no caso do Estado de Rondônia: eles estarão lá dentro, tentando fazer o que sempre fizeram em todos os governos: dar-se bem.
2. Aproveitando o que Emir Sader diz em seu blog sobre os ex-esquerdistas, posso também me referir a certos profissionais da educação de forma semelhante. Neste caso agora, a dos professores Judas. Há muitos dentro dessa categoria profissional. São Paulo deve ser o lugar do Brasil onde deva ter mais desse tipinho de professor. Tem muito mais que Rondônia, pois para o PSDB fazer de novo o governador, só com a ajuda de m…

BENTO XVI LANÇA A "TEOLOGIA DO RETROCESSO"

Imagem
Celso Lungaretti (*)
Reunido com bispos brasileiros na manhã desta quinta-feira (28) em Roma, o patético papa Bento XVI conclamou-os a meterem o nariz em assuntos que não lhes dizem respeito, como se a separação entre a Igreja e o Estado não vigesse há 120 anos em nosso país!
Sem se dar conta de que os valores medievais hoje nada mais são do que cinzas de um passado que envergonha os civilizados, quer o Papa que a Igreja faça proselitismo político ("quando os direitos fundamentais da pessoa ou a salvação das almas o exigirem, os pastores têm o grave dever de emitir um juízo moral, mesmo em matérias políticas"), pressionando partidos e candidatos no sentido de que: seja negado às mulheres o direito de interromper, mesmo no início, uma gravidez indesejada, e aos desenganados o direito de escolherem o momento e a forma como preferem morrer ("Quando os projetos políticos contemplam, aberta ou veladamente, a descriminalização do aborto ou da eutanásia, o ideal democrático é atr…

Patrões e Capatazes

Imagem
 1- “Vivo” e trabalho em Rondônia desde julho de 1990. Vivo com o salário que tem sido pago ao professores. Com este, desde então, não me foi possível realizar meus sonhos ainda. Nunca fui outra coisa, senão um “professor”. Mesmo assim, apesar do que sempre me pagaram, a solidão me fez constituir uma família. Se não fosse por causa da solidão de morar neste fim de mundo, não casaria não. Minha mulher e meus filhos não merecem tamanha condição: viver com a dignidade menor que um cão. Se eu tivesse sido mais inteligente, se eu fosse mesmo inteligente, não teria casado não. Não há pagamento “em dia que dê jeito não!” Mas, enfim, casei, constitui família, tenho que insistir e viver, apesar de tudo e do outros. Não posso desistir só por causa disso. Tenho que prosseguir, que continuar sonhando e lutando se quiser sobre-viver. Tenho que resistir.
2- Nesse tempo todo, nunca me vendi, nunca abri mão dos meus valores e ideais por causa de uma gratificação. Sei que é um direito de qualquer pess…

Religião e Xenofobia

Imagem
 *Luis Sabanay
A proliferação do preconceito e do ódio através do sentimento religioso é um tema político para além do processo eleitoral.
A xenofobia é uma estratégia da oposição. No último mês, multiplicou-se de forma crescente uma onda de difamações contra as campanhas do Partido dos Trabalhadores e seus aliados. A oposição escolheu incluir nas redes ligadas aos sistemas religiosos, basicamente cristãos católicos e evangélicos, a velha disputa do bem e do mal. Suscitam os temas chamados polêmicos à moral cristã como aborto, homossexualismo, ateísmo, perdas das liberdades, satanismo para criar o assombro nas massas religiosas. Lógico, nem todos os cristãos estão envolvidos. Há repúdios explícitos em ambas as tradições contra a desinformação e a proliferação de informações inverídicas nessas eleições. Não é a primeira vez e não será a última. Mas o essencial é saber do agravante, a dose xenófoba, o medo do desconhecido mascarado como aversão, e a difusão do preconceito no entorno das …

Perguntara-me se eu quero ser Diretor de Escola, Pública???

Imagem
Perguntara-me se eu quero ser Diretor de Escola, Pública???

em primeiro lugar:

  Jamais. Esta tem sido a resposta frequente a quem me faz tal pergunta.  Sempre eu peço para me internarem num hospício caso saiba que eu tenha me tornar um..."diretor". Do jeito como sempre foram feitos ou constituídos os diretores  e as diretoras de escolas públicas neste país e , em especial, neste Estado, nunca, de jeito nenhum, jamais, never, que os deuses me impençam...Não sofro desta vontade de poder ou "foder" como é o caso de uma diretorzinha que conheço bem... Até agora, não é para isso que existem? Esta não é a "política pública" existente no que diz respeito a admnistração escolar? Esta eu recuso, eu vomito, cuspo em cima.....
em segundo lugar:

“EU SÓ SERIA DIRETOR DE UMA ESCOLA PÚBLICA, SE, MAS TÃO SOMENTE SE, PUDESSE ABRIR MÃO DA GRATIFICAÇÃO, NÃO SER PORTARIADO, MAS ELEITO POR UM COLEGIADO TAMBÉM ELEITO PELOS PAIS, ALUNOS E PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO QUE TRABALHAM NA…

FOR�A SEMPRE

Imagem
 Milhões de coisas passam pela minha cabeça. Me sinto na fila da montanha russa. Dessas que tem as alturas das estrelas. Dessas que você quer desfrutar do prazer, mas tem medo, porém segue na segurança de que sentirás as melhores sensações e tudo dará certo.
Quem não se arrisca na vida, vive no marasmo. No previsível, no seguro exagerado da mesmice aguda. Pode ser mais confortável para alguns, mas com certeza não envolve a mesma quantidade de experiências de quem segue adiante e encara os desafios. Mesmo com a possibilidade de ser julgado, mal interpretado, amado, odiado, elogiado, ridicularizado. A vida afinal, não contém diversos prismas e visões? Não foi pra isso que viemos aqui? Viemos para viver ou para apenas existir?
Eu vim para viver. E acredito que minha experiência de vida no planeta terra tem sido bem ativa e diversa. O que me atrai e considero relevante, eu vivo. Mesmo quando isso significa quebrar algumas regras impostas por quem dá as cartas. Quem dá as cartas? Por que de…

GALERIA CELSO LUNGARETTI DOS GRANDES NOMES DA HISTÓRIA

Imagem
Rei Leônidas: comandou os 300 guerreiros espartanos que resistiram até a morte ao poderoso exército persa do ri Xerxes.
Jesus Cristo: sabendo que teria como destino morrer na cruz, aceitou sacrificar-se em nome de suas crenças.
Filósofo Giordano Bruno: preso e torturado pelo Santo Ofício por mais de sete anos, recusou salvar-se com uma tímida abjuração, preferindo morrer, porque, segundo suas palavras, havia "sangue demais" nas mãos dos inquisidores.
General Charles Gordon: era uma lenda viva no Oriente quando decidiu permanecer em Khartoum, cercada pelos fanáticos guerreiros do Mahdi, na esperança de que os britânicos, intervindo para salvar sua vida, evitassem o massacre da população. A cidade caiu e ele morreu.
Presidente Getúlio Vargas: na iminência de sofrer impeachment, reagiu com o suicídio e uma dramática carta-testamento que motivou as forças populares a reagirem, impedindo a tomada do poder pelos conspiradores direitistas.
Presidente Charles De Gaulle: fazia questão de,…

Personalidades famosas e Anônimas que apoiam Dilma para Presidente do Brasil

Imagem

Ser professor em escola pública poderia ser melhor como muitos pensam...

Imagem
 INTRODUÇÃO
Não serei o último a narrar mais que uma espécie de memorial das minhas experiências de vida profissional como professor de história e nem pretendo aqui esgotá-la. Não há escapatória para mim. Terei de selecionar, recortar vivencias para poder tecer uma narrativa que se proponha a dizer alguma coisa de parte dos meus 21 anos de docência remunerada. Desses 21 anos, considero que minha segunda passagem pela Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Quatro de Janeiro situada na periferia da capital de Porto Velho, Rondônia entre o ano de 2008 a 20 de outubro de 2009 foi a mais profundamente marcante para mim. Pelas seqüelas que marcaram meu corpo e mente. Não é que a minha vida nas outras escolas que trabalhei tenha sido um paraíso. Não se trata disso. Em termos de estrutura física, localidade, funcionalidade de um modo geral, o de Janeiro não difere das demais congêneres. Mas, em nenhuma outra por onde passei causou tanto dano moral e material que esta me causou. Por i…

O DIABO TRAPACEOU SERRA: TOMOU-LHE A ALMA SEM DAR NADA EM TROCA

Imagem
Celso Lungaretti (*)
Após o insosso debate entre os presidenciáveis que a Rede TV e a Folha de S. Paulo promoveram no último domingo, fiquei com a impressão de que 2006 se repetiria: um grande esforço de última hora da mídia golpista evitando que a candidatura oficial decidisse a parada logo no 1º turno, mas não sendo suficiente para reverter o resultado anunciado.
Como Alckmin daquela vez, Serra não encontrou o mapa da mina. Marina Silva e o PIG lhe proporcionaram uma sobrevida, mas aproveitá-la para decolar são outros quinhentos.
Com carisma zero, não consegue fazer seus castelos nas nuvens valerem mais do que uma realidade palpável: as condições de vida dos pobres e dos muito pobres melhoraram sob o governo atual.
Então, independentemente de posturas ideológicas, o que deixa Serra num beco sem saída são a aprovação e popularidade do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
A percepção do eleitor despolitizado é de que o Brasil evoluiu, daí ele encarar a tempestade de som e fúria dos demo…

DEZ FALSOS MOTIVOS PARA NÃO VOTAR NA DILMA - POR JORGE FURTADO*, CINEASTA

Imagem
   Tenho alguns amigos que não pretendem votar na Dilma, um ou outro até diz que vai votar no Serra. Espero que sigam sendo meus amigos. Política, como ensina André Comte-Sponville, supõe conflitos: “A política nos reúne nos opondo: ela nos opõe sobre a melhor maneira de nos reunir”.
Leio diariamente o noticiário político e ainda não encontrei bons argumentos para votar no Serra, uma candidatura que cada vez mais assume seu caráter conservador. Serra representa o grupo político que governou o Brasil antes do Lula, com desempenho, sob qualquer critério, muito inferior ao do governo petista, a comparação chega a ser enfadonha, vai lá para o pé da página, quem quiser que leia. (1)
Ouvi alguns argumentos razoáveis para votar em Marina, como incluir a sustentabilidade na agenda do desenvolvimento. Marina foi ministra do Lula por sete anos e parece ser uma boa pessoa, uma batalhadora das causas ambientalistas. Tem, no entanto (em minha opinião) o inconveniente de fazer parte de uma igre…

Enquanto isso,numa escola da capital uma última "homenagem" ao dia dos professores...

Imagem

Presente ideal para os Professores de rondônia no dia dos Professores...

Imagem
Os oitos de cassolismo em rondônia...

1-Lotou as salas de aulas, transformando-as em curral-climatizado. Confundindo professor com o Tocador de Gado das fazendas que ele acumulou ao longo da vida.
2-Assediou, para não dizer, aterrorizou moralmente os profissionais da educação com a colaboração de outros professores-traidores, puxa-saco, dedo-duro, egoístas, individualístas, dissimulados, espião-duplo, perseguidores, infernizadores da vida alheia em cargos comissionados de diretores escolares, com pouquíssimas excessões.
3- Hiper-valorizou prédios, computadores, lápis, caderno, estradas, tudo o que é bem material e desprezou o ser-humano que trabalha com eles. Desprezou a maioria dos professores que faz uso disso tudo. Pelo o contrário: super-explorou a sua força de trabalho, fazendo-o trabalhar aos sábados, trabalhar fora da sua área para qual foi contratado, fazendo-os se passar por "palhaços", "animadores de festa-junina", "adestradores de leões", "Se…