Postagens

Mostrando postagens de 2016

DOM PAULO EVARISTO ARNS, O PASTOR DE QUE SEU REBANHO CARECIA NUM TEMPO DE LOBOS: IMPRESCINDÍVEL!

Imagem
"Há homens que lutam um dia, e são bons; há outros que lutam um ano, e são melhores; há aqueles que lutam muitos anos, e são muito bons. Porém há os que lutam toda a vida, esses são os imprescindíveis." (BertoltBrecht)
Para os revolucionários que prezamos os direitos humanos, dom Paulo Evaristo Arns foi um daqueles imprescindíveis a que se referiu Brecht.

Neste Brasil de ganância exacerbada e competição insana que o capitalismo globalizado engendrou, é fundamental, até para servir de antídoto, respeitarmos e exaltarmos exemplos como o que ele deixou.
Quando o entrevistei longamente em 2003, dom Paulo já era um homem combalido, que caminhava com dificuldade e tinha problemas de audição — decorrentes, esclareceu-me, de ferimentos sofridos quando de uma tentativa de sequestro num país latino-americano (pretendiam obter, em troca, a liberdade de um chefão do narcotráfico).
Tal entrevista permanece bem atual, daí eu estar reproduzindo aqui seus principais trechos, sem alterações na forma…

Seremos o Renan Calheiros de amanhã?

Imagem
O efeito Orloff das injustiças e demais maldades praticadas hoje pelo governo golpista, pelo parlamento de maioria corrupta e pelo STF.
DesProf.Peixoto
Nos anos de 1980 do século passado, existia um anúncio, uma propaganda comercial de uma vodca chamada Orloff que pode servir de alegoria do destino da maioria dos brasileiros se esta maioria não reagir com força e inteligência ao que o chamado Congresso Nacional, Presidência da República e STF, superior tribunal federal está fazendo hoje. O referido comercial mostrava um sujeito bem vestido e penteado que olhava para o espelho antes de sair de casa, à noite, e se via com cara de ressaca, olheiras enormes, um horror. Este sujeito então perguntava à imagem quem ela era, e ela respondia: “Eu sou você, amanhã”. A propaganda da vodca Orloff, pretendia convencer as pessoas que, se a tomassem hoje, evitariam aquela triste e horripilante figura amanhã. Ficou tão famoso, que cunhou o chamado “Efeito Orloff” que, no atual momento da vida nacional,…

O OUTONO DO PATRIARCA CHEGA AO FIM: FIDEL CASTRO ESTÁ MORTO.

Imagem
Fidel Castro, comandante da revolução cubana e principal dirigente do país durante 47 anos, faleceu na noite de 6ª feira, 25.
Foi personagem marcante da segunda metade do século 20, mas sua estrela vinha se apagando desde o fim da União Soviética e do bloco socialista por ela encabeçado.
Em seguida foram suas forças físicas que declinaram, a partir da primeira hemorragia que sofreu em 2006, como consequência de uma doença nos intestinos.
Foi então que, sabendo-se impossibilitado de “assumir uma responsabilidade que requer mobilidade e entrega total”, ele, dignamente, trocou a farda pelo pijama.
Havia liderado uma heroica revolução em 1959 e depois tentou romper o isolamento a que os Estados Unidos submeteram Cuba incentivando guerrilhas similares noutros países do continente americano (enquanto Che Guevara tentava a sorte no Congo, igualmente em vão).
O resultado acabou sendo o mais indesejado possível: a ocorrência de banhos de sangue e a proliferação de ditaduras direitistas, pois os EUA…

Lula é vítima de Lawfare? Mas o que é isso?

Imagem
por Wagner Francesco

Na busca de justiça, vale qualquer meio?
O texto do senhor Wagner Francesco incomoda quem gosta de pensar de maneira séria e honesta porque provoca, entre outras possíveis questões, essa pergunta acima. Pessoas movidas, antes de tudo, pela raiva, são insanas quando estão em situação de poder. Quando prestamos atenção, mais muita atenção mesmo, nos detalhes do jeito como o juiz Sérgio Moro se comporta, nas sutilezas, temos condições de duvidar dele e ver que o mesmo não age com a imparcialidade que a doutrina jurídica diz que um juiz deve agir. Só estando cego de raiva do PT e do Lula em especial, cego pelo ódio visceral, para DEFENDER este comportamento parcial do referido juiz. Para não ver o quanto esse juiz manipula e impede inclusive que a defesa tenha, em tempo hábil, todo o material da denúncia na intenção de fragilizar e inutilizar a ampla defesa do acusado. É claro que de uma forma ou de outra outros agem assim, mas este juiz em especial consegue se destacar…

YES, NÓS TEMOS BANANAS

Imagem
Através de toda nossa história, apenas quatro presidentes eleitos pelo povo chegaram ao fim de seus mandatos. Fora isso, o Brasil se resume a uma sucessão de usurpadores, ditadores e tiranos a serviço das elites. E parece que estamos perfeitamente satisfeitos com essa condição, pois neste ano de 2016, uma pesquisa mostrou que 65% dos brasileiros não se importam se o Brasil é uma democracia ou não.

OLIGARQUIAS E RETROCESSO SOCIAL

Imagem
Por Michel Zaidan Filho*
Numa avaliação desapaixonada e já distante dos episódios eleitorais recentes, começa a parecer que o resultado mais importante das eleições municipais em Pernambuco foi o início da desagregação política do PSB.
A derrota do advogado e mecenas literário Antônio Acioly de Campos, o"Tonca", irmão do falecido governador, cunhado da ex-primeira dama do estado, filho da ministra Ana Arraes e  tio dos infantes  João Henrique e Maria Eduarda, à Prefeitura da cidade de Olinda para um obscuro professor olindense,  deu início a uma disputa pública pelo poder, que lavrava silenciosamente no chamado núcleo duro do poder estadual.  
Nunca será demais relembrar aqui a distinção feita em artigo pelo professor Francisco Weffort entre "oligarquia" e "Estado", no nosso caso,  oligarquia de uma única família: Campos infantes, hoje ameaçada por outra família e seus apaniguados, Andrade Lima.
Segundo Weffort, a oligarquia é uma mera expressão política de i…