Seremos o Renan Calheiros de amanhã?

O efeito Orloff das injustiças e demais maldades praticadas hoje pelo governo golpista, pelo parlamento de maioria corrupta e pelo STF.

DesProf.Peixoto

Nos anos de 1980 do século passado, existia um anúncio, uma propaganda comercial de uma vodca chamada Orloff que pode servir de alegoria do destino da maioria dos brasileiros se esta maioria não reagir com força e inteligência ao que o chamado Congresso Nacional, Presidência da República e STF, superior tribunal federal está fazendo hoje.
O referido comercial mostrava um sujeito bem vestido e penteado que olhava para o espelho antes de sair de casa, à noite, e se via com cara de ressaca, olheiras enormes, um horror. Este sujeito então perguntava à imagem quem ela era, e ela respondia: “Eu sou você, amanhã”. A propaganda da vodca Orloff, pretendia convencer as pessoas que, se a tomassem hoje, evitariam aquela triste e horripilante figura amanhã.
Ficou tão famoso, que cunhou o chamado “Efeito Orloff” que, no atual momento da vida nacional, serve para explicar o horror que a vida do povo brasileiro se tornará se continuarem fielmente acreditando e obedecendo a instituições tipo: Congresso Nacional, Presidência da República, STF, Voto Obrigatório, Educação e afins.
Pois não é possível esquecer o “Efeito Orloff” ao observar o comportamento das, até agora, das instituições “sérias” dessa “República” de uns poucos Filho de uma puta que estão no poder. É impossível não pressentir tal efeito Orloff quando observamos o Senador Renan Calheiros do PMDB de Alagoas simplesmente desobedecendo de imediato uma ordem judicial e o Supremo Tribunal Federal não o punindo por isso. Quando o STF permite que juízes sejam parciais, seletivos e existam para manter a ordem injusta vigente e a propriedade privada de poucos.
É impossível não pressentir tal efeito Orloff quando vemos a Presidência da República nas mãos do governo golpista de Michel Temer se entrincheirando nela para promover a maior quebra de contrato da história do País contra o próprio povo que ele, infelizmente, governa, preservando apenas o contrato com a classe dominante a qual serve de forma tão fiel. A “PEC 55”, a “reforma” do Ensino Médio e a “reforma” da Previdência que estão patrocinando, da forma como estão fazendo e com as medidas que querem nos impor rompe definitivamente com todas as conquistas previstas na Constituição Federal de 1988. Este governo e a elite querem matar o País para preservarem-se.
É impossível não pressentir tal efeito Orloff quando vemos o Parlamento, cuja maioria absoluta, é formada por ladrões e salteadores, covardes, autoritários, palhaços, misóginos, homofóbicos, machista, latifundiários, correntistas, patifes, vigaristas e evangélicos que só tem compromisso apenas consigo mesmo e com quem pagou pela sua campanha eleitoral, que não representa em nada o povo pobre que não tem como se defender deles. Apenas existe para dá legalidade ao que os ditos poderes executivos e judiciários fazem.
O que o efeito Orloff de todas essas injustiças e demais maldades praticadas hoje pelo governo golpista, pelo parlamento de maioria corrupta e pelo STF já está nos causando? O exemplo de Renan Calheiros e demais representantes dos demais poderes já estão nos ensinando que...

1. Embora a Constituição diga que a Educação é um dever do Estado e uma obrigação da Família, Mães e Pais, não acreditem nessa mentira! O Estado deve, mas nunca paga, só resta à obrigação para você. Rasguem essa merda! Só mandem seus filhos para a Escola Pública para merendarem! Ao invés de colocarem seus filhos na escola, coloquem para trabalhar! Afinal, estudar pra quê? Para ser um fodido escolarizado? Quanto mais cedo a pessoa trabalha, mais cedo ela se aposenta se tiver sorte!

2. Maridos amem sua esposa, mas se derem bobeira e incorrem contra a lei Maria da Penha: jamais atendam a uma intimação, fujam! E Mulheres, se você for vítima, vinguem-se na primeira distração do agressor, não esperem que a justiça faça algo por você.

3. Pagadores de Pensão alimentícia, sejam homens, sejam mulheres, fujam de todos agente da justiça ou vá feliz para a prisão, mas, não paguem esta porra de pensão!

4. Quando virem à distância uma blitz, avisem a todos pelo whatsap para que possamos ganhar tempo até podermos pagar pela permissão, pagar o suborno ao Estado de transitar em via pública por mais tempo.

5. Trafiquem, comprem gasolina da Venezuela ou qualquer país fronteiriço! Não usem gasolina nacional, porque não existe gasolina nacional! A chamada gasolina nacional vendida pela PETROBRAX [antiga PETROBRAS] é dos americanos e eles não cobram barato. Sejamos solidários como os demais lascados latino-americanos: compremos deles a gasolina que precisamos!

6. Mantenham-se o mais longe possível de qualquer viatura policial, se quiser continuar vivo e com seu dinheiro. A polícia não existe para te proteger, mas para te conter e reprimir! Policiais, salvo exceções, são pagos para isso. Militares principalmente. Uma das provas disso é que a reforma da previdência que o Temer quer enfiar no traseiro do povo pobre, deixa eles de fora.

7. Se não tem emprego formal, entrem na informalidade. Vendam tudo o que for obtido pela pirataria. Sobreviva não importando como! E não sustentem essa elite desgraçada deste país! Não se esqueça que eles só são ricos as suas custas.

8. Se a energia subir de preço recorra aos gatos. Se cortarem sua energia, ligue de novo! O mesmo raciocínio se aplica a água. Se privatizarem esse bem que é público, socialize-os na marra! Não seja otário em sustentar os futuros “donos” desse bem público!

9. Se um pobre roubar outro pobre, façam justiça com as próprias mãos. Se o rico roubar o pobre, sabotem o rico. Façam o que for preciso para acuá-lo, deixa-lo aterrorizados, lutem contra todos os que o ameaçarem.

10. Produzam sua própria mídia e imprensa, pare de ser bobo e de assistir a Globo, a Record ou qualquer mídia das elites e abandonem sua religião se esta estiver do lado do patrão e vivendo à custa do teu suor. Invente outra diferente, melhor ou não siga ninguém!

Enfim, descumpram toda e qualquer ordem judicial! Rompa com a ordem! Se o Senador Renan Calheiros pode fazer isso porque nós não pudemos? Eis a grande lição do Renan: sejamos anarquistas! Viva o anarquismo!
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

CULTURA, INTERCULTURALIDADE E MULTICULTURALISMO: UM INVENTÁRIO DAS IGUALDADES E DIFERENÇAS TEÓRICAS NA EDUCAÇÃO

CARTA ABERTA À ADVOGADA GERAL DA UNIÃO