Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2010

PARABENS PELO SEU TRIUNFO AMIGO JOACI

Imagem
1-O dia 24 de Maio de 2010 deve ficar marcado na memória de todas os que são sérios, decentes e, principalmente, dos que são amigos: como o dia do triunfo pessoal do meu velho amigo Joaci Barbosa. Ele conseguiu realizar um sonho que também é o meu: de se tornar um pesquisador que leciona [um DesProfessor assim espero...] na UFRO-campus de Ji-Paraná.
2-Eu que o acompanho desde 1990. Sei do quanto ele fez por merecer isto. Do quanto teve que sacrificar por este sonho, não pela UFRO em si, mas pelo amor a pesquisa, ao conhecimento que ela pode gerar e pelos benefícios que ela proporciona.

3-O seu triunfo é o meu triunfo. A UFRO precisa de pessoas como ele para se tornar melhor para pessoas como eu. Posso ter um pouquinho de esperança a partir de agora. Não foi dessa vez que certas "ratazanas" tituladas impediram a águia de voar no céu da UFRO. Céu que eles lutam para manter como uma propriedade exclusiva deles. Engana-se se pensam que tiveram êxito na sua missão de impedir, de qu…
Antropologia da amizade... Adjair Alves [1]Como muito bem sugere o grande pensador grego, Aristóteles, a amizade é um tema que dar margem a muitas discussões.Parece lugar comum, que nos afeiçoemos por quem possua certa semelhança conosco; por quem pensa e sente como nós mesmos. Por outro lado, parece igualmente comum que nos distanciemos daqueles que tendem a se posicionar ou pensa contrariamente a nós. Mas é igualmente comum sentirmos-nos atraídos pelo diferente de nós. Como assinala Durkheim na “Divisão do trabalho social”, talvez esteja aí, a dificuldade em se discutir a natureza da amizade. Ora pensamos que ela deriva da correspondência dos nossos pares, ora, que tenha origem nas dessemelhanças.Segundo alguns pensadores, a amizade é própria dos que se parecem. Daí alguns provérbios: “cada qual com seu igual”, “dize-me com quem andas e direi quem tu és”, “não andarão dois juntos, se não tiverem em acordo.”, etc. Segundo o poeta Eurípides, ‘a terra ressecada está enamorada da chuva,…

Professor, teacher e coach – onde estamos na tarefa de formação de educadores?

Imagem
1-Companheiros, o texto a seguir, não é meu, mas sim do Giraldelli.  Postei por ser, pontualmente, significativo para mim. Na postagem anterior havia denominado este blog como o Blog do "teacher" Peixoto, mas, considerando uma justa observação do amigo Edson Macil Junior eu RE-considerei.

2- Há problemas no uso desta terminologia americana. Seria bom um adjetivo em português mesmo. Como o termo"professor" para mim, tornou-se difamatório, banal e não identifica  e nem representa mais minha conduta e postura nesses últimos anos que estive atuando junto a muitos aprendentes, não penso em voltar a me identificar desse jeito costumeiro, trivial assim.

3- Na falta de um termo aportuguesado para "Teacher", utilizarei, pelo o menos, provisoriamente, o termo: "Desprofessor", pois, recuso-me  a professar. Eu não professo mas nada. Pelo contrário, eu "desprofesso", isto é, enfrento com radicalidade as falas ou pensamentos  que são professados em …