Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

FELICIANO CHANTAGEIA DILMA: É O RATO QUE RUGE

Imagem
Por Celso Lungaretti A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal foi criada em 1995. Até agora, sua presidência tinha sido ocupada 13 vezes pelo PT, três pelo PDT, uma pelo PCdoB e uma pelo PPB.

Chegada a hora de substituir o deputado maranhense Domingos Dutra, o PT abdicou de continuar presidindo-a e preferiu ficar com comissões que lhe garantissem maior poder real (mandando às urtigas seus ideais históricos): Seguridade Social e Família; Relações Exteriores e Comércio; e Constituição e Justiça. O Partido Social Cristão, que não tinha direito a ocupar nenhuma vaga no colegiado, passou a contar com cinco deputados na comissão. Cederam vagas para a legenda o PMDB e o PTB. PSDB e PR também perderam espaço para parlamentares da bancada evangélica.

Ou seja, o monstro Feliciano não teve geração espontânea. Nasceu da irresponsabilidade dos partidos progressistas (ou tidos como tais) que mostraram considerar irrelevantes os direitos humanos e os direitos das min…

NA OMISSÃO SAFADA DO SINTERO: FALA APENAS UM PROFESSOR QUE NÃO É GOVERNISTA

Imagem
A maioria dos que são filiados ao SINTERO [Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Rondônia] até hoje acreditam que a turma liderada pelo presidente “oficial” Manoel Rodrigues são os que estão tomando conta do sindicato a mais de 20 anos para defenderem os trabalhadores em qualquer momento ou circunstância. Mas, no dia 26 de março de 2013 na Assembleia Legislativa; o que lá aconteceu nos mostra que essa crença é absurda e tola. Ninguém do SINTERO oficial estava lá; ninguém da cúria sinterista , nem do seu vaticano. Ninguém estava lá para mostrar de que lado estão afinal. Se do lado do Governo ou dos trabalhadores que hoje come o pão que a Isabel Luz amassou.Suspeito que, na verdade, eles são governistas, mas que não se assumem. São enrustidos! A patota, a turma, melhor dizendo, a cúria sinterista onde cardeais como Nereu Klosinsk, Ramon, O ancião Haroldo Carnavalesco, João Duarte, o sombra e o Zé Wildes, o sonso vereador e outros que mandam e desmandam- nenhum deles- estavam lá para…

QUE TAL UMA SALVA DE PRATA PARA A GESTAPO?!

Imagem
Por Celso Lungaretti
O vereador tucano Paulo Telhada propôs a concessão da Salva de Prata, uma das comendas mais importantes da capital paulista, ao batalhão Tobias de Aguiar, que existe há mais de um século e, a partir dos anos de chumbo, passou a ser mais conhecido como Rota, pois suas rondas ostensivas acabaram definindo-lhe a identidade e a imagem: trata-se da unidade mais truculenta da Polícia Militar paulista.

A Rota tem sido, nas últimas décadas, acusada de um sem-número de execuções covardes de marginais já subjugados e que não estavam resistindo à prisão.

Sua chacina mais famosa motivou o jornalista Caco Barcellos a passar um pente-fino em episódios anteriores, daí concluindo que os assassinatos a sangue-frio constituíam norma (jamais uma exceção!), só não atraindo o mesmo interesse porque as vítimas eram coitadezas dos bairros pobres. Merecidamente, Rota 66 - a história da polícia que mata ganhou o Prêmio Jabuti de melhor livro-reportagem de 1993.

E foi sempre a…

Boff: Que Papa esperar que não seja um Bento XVII?E algumas analogias de um leitor.

Imagem
Leonardo Boff Teólogo, filósofo e escritor Adital 1. – Como o Sr. recebeu a renúncia de Bento XVI? R: Eu desde o principio sentia muita pena dele, pois pelo que o conhecia, especialmente em sua timidez, imaginava o esforço que devia fazer para saudar o povo, abraçar pessoas, beijar crianças. Eu tinha certeza de que um dia ele, aproveitaria alguma ocasião sensata, como os limites físicos de sua saúde e menor vigor mental para renunciar. Embora mostrou-se um Papa autoritário, não era apegado ao cargo de Papa. Eu fiquei aliviado porque a Igreja está sem liderança espiritual que suscite esperança e ânimo. Precisamos de um outro perfil de Papa mais pastor que professor, não um homem da instituição-Igreja mas um representante de Jesus que disse: "se alguém vem a mim eu não mandarei embora” (Evangelho de João 6,37), podia ser um homoafetivo, uma prostituta, um transexual.
2. Como é a personalidade de Bento XVI já que o Sr. privou de certa amizade com ele? R: Conheci Bento XVI nos meus anos de…

Boff: Como se formou o poder monárquico-absolutista dos papas

Imagem
Terça-feira, 12 de fevereiro de 2013 - 18h21min por CESEEP Escrevíamos anteriormente neste espaço que a crise da Igreja-instituicão-hierarquia se radica na absoluta concentração de poder na pessoa do Papa, poder exercido de forma absolutista e distanciado de qualquer participação dos cristãos, criando obstáculos praticamente intransponíveis para o diálogo ecumênico com as outras Igrejas. Não foi assim no começo. A Igreja era uma comunidade fraternal. Não havia ainda a figura do Papa. Quem comandava na Igreja era o Imperador pois ele era o Sumo Pontífice (Pontifex Maximus) e não o bispo de Roma ou de Constantinopla, as duas capitais do Império. Assim o imperador Constantino convocou o primeiro concílio ecumênico de Nicéia (325) para decidir a questão da divindade de Cristo. Ainda no século VI o imperador Justiniano que refez a união das duas partes do Império, a do Ocidente e a do Oriente, reclamou para si o primado de direito e não o do bispo de Roma. No entanto, pelo fato de em Roma est…

O papa Francisco herdou as sandálias do PESCADOR... ou do PECADOR?

Imagem
Por Celso Lungaretti Radicado há décadas no Brasil, Carlos Lungarzo, incansável defensor dos direitos humanos, é argentino de nascimento e conhecedor profundo da trajetória do jesuíta Jorge Bergoglio, agora papa Francisco, outro sumo pontífice conservador de uma Igreja que, qual avestruz, enterra cada vez mais a cabeça na areia para alhear-se dos desafios da atualidade.
Os segredos do santo padre (clique p/ abrir) é um artigo obrigatório. Nele, Lungarzo traça o perfil de um religioso que, por identificação ideológica com a ditadura argentina, oportunismo ou pusilaminidade, recusou ajuda a um membro da sua Ordem, permitindo que ele caísse nas garras dos esquadrões da morte militares; e não moveu uma palha para encontrar uma criança recém-nascida sequestrada pela repressão, indiferente às súplicas da família.

O que ele tem em comum com Pedro é já haver negado Cristo... e muito mais do que três vezes!
O paralelo mais  apropriado, contudo, é com o papa Pio XII, aquele que ficou …

BOLÍVIA FAZ TORCEDORES CORINTHIANOS DE BODES EXPIATÓRIOS

Imagem
Por Celso Lungaretti Torcidas organizadas de futebol são execráveis, ponto final.

Seria ocioso enumerar os motivos, conhecidos por todos os leitores: desde sua truculência, tão brutal quanto boçal, até o sórdido papel que desempenham, de serviçais dos   cartolas  nas manobras imundas da politicalha clubística, para deles obterem pequenas regalias.

Em São Paulo, com seu   fogo amigo, os torcedores desmiolados contribuiram significativamente para o Palmeiras ser rebaixado no Brasileirão, ao darem motivo para o clube ser punido com a perda de mandos de jogos num momento decisivo.

E suas constantes agressões aos próprios jogadores fazem com que os atletas mais valorizados no mercado pensem duas vezes antes de aceitarem uma oferta palmeirense. Não querem aparar arremessos de xícaras com a cara, como aconteceu com o digno goleiro Fernando Prass ao proteger um colega.

Eu não quereria conviver com os 12 gaviões da Fiel detidos na Bolívia em função da morte do garoto Kevin, nem mes…

Prof.Dr. Adjair Alves e a Juventude Pernambucana- Parte 01

Imagem
O Seminário Nacional sobre Juventudes Pernambucanas ocorreu na UFPE, Universidade Federal de Pernambuco no Recife. Nos dias 29 e 30 de Abril de 2010. Um de seus ilustres palestrantes foi o venerável Prof.Dr. e ex-Pastor Batista: AdjairAlves cuja Tese defendida em 2005:"CARTOGRAFIAS CULTURAIS NA PERIFERIA DE CARUARU: Hip hop, construindo campos de luta pela cidadania."lhes conferiu autoridade para participar da mesa,abrilhantar o evento e abordar com propriedade sobre a referida temática que não só interessa ao jovens de Pernambuco como do resto do País. Confiram, ouvindo essa primeira parte da palestra. Fonte: Youtub

O PT ESTÁ SE LIXANDO PARA OS DIREITOS HUMANOS E AS MINORIAS

Imagem
Por Celso Lungaretti
O deputado federal Marco Feliciano se diz pastor, mas nem de longe tem o perfil de quem zela por seu rebanho; apenas o tosquia. Nos tempos bíblicos, decerto seria um dos mercadores que Cristo expulsou do templo. Seu deus é o bezerro de ouro.

Um vídeo divulgado na internet (acesse aqui) escancara a sua devoção suprema pelo vil metal.

Exorta os extorquidos a doarem R$ 1 mil cada, mas, magnânimo, abre exceção para os mais pobres, impossibilitados de jogarem tanto dinheiro no lixo. Aconselha-os a queimarem R$ 500.  

Pede que façam a "oferta" em dinheiro, cheque, cartão, depósito bancário ou, mesmo, moto! Até cheques pré-datados para 90 dias são aceitos. E repreende uma vítima distraída, por ter esquecido um pequeno detalhe: "Samuel de Souza doou o cartão, mas não doou a senha. Aí não vale. Depois vai pedir o milagre para Deus e Deus não vai dar. E vai falar que Deus é ruim..." Pelo contrário, Deus é bom até demais. Tanto que ainda não …

JUDICIÁRIO QUER EXERCER A CENSURA ARTÍSTICA

Imagem
Por Celso Lungaretti Agora coube a um togado revirar as imundícies da lixeira da História em busca de tesoura de Torquemada --a mesma que, durante a ditadura militar, foi empunhada por um bando de indivíduos inescrupulosos, dispostos a tudo por dinheiro.
Naquele período infame,    o paradigma dos castradores de intelectos foi Solange Teixeira Hernandes, diretora do Departamento de Censura Federal.
Mas, ao que se saiba, dona Solange & cia. não se voluntariaram para a vil, repulsiva e degradante função de censores. Foram escolhidos e não tiveram a dignidade de recusar, exatamente como os oficiais nazistas que atentaram contra a humanidade e depois alegaram ter cumprido ordens superiores -o que não os eximiu de receberem punições exemplares, merecidíssimas, do tribunal de Nuremberg.
Já o desembargador Marcelo Fortes Barbosa Filho, da 6ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, só obedeceu à própria (in)consciência ao proibir a dramatização de um ac…