Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2010

DIÁRIO DO EXÍLIO ALHEIO: CONFISSÕES DE UM AMIGO PERTUBADO.

Imagem
O com/texto do texto abaixo é a situação fragilizada de um casamento de mais de dez anos de existência entre um funcionário público e uma “Dona de Casa” sem emprego e quatro filhos para criar. Fragilizado justamente por questões financeiras. Falta de dinheiro mesmo e dívidas acumuladas e demoradas para serem quitadas e que por isso: o casal nunca consegue ter sua casa própria, mora muito mal de aluguel, nunca pode se vestir bem, se divertir o mínimo necessário, tratar dos próprios dentes e, que pior, têm sua vida desgraçada exposta para os parentes, neste caso, os da mulher. O casal se encontra morando bem próximo da casa da sogra do marido e que sogra em?! Ela, apesar de cristã e seguir caninamente orientações de figuras milagreiras como, por exemplo, o padre Reginaldo Manzotti, odeia com toda a sua força e fé o marido da própria filha. Ela o responsabiliza pela vida de miserável que sua filha e netos levam. Resumindo: ela o culpa simplesmente por ser um professor pago pelo Estado de…

CULTURA, INTERCULTURALIDADE E MULTICULTURALISMO: UM INVENTÁRIO DAS IGUALDADES E DIFERENÇAS TEÓRICAS NA EDUCAÇÃO

Imagem
RESUMO: O presente artigo busca aproximar uma discussão teórica e nova sobre os conceitos de Cultura, Interculturalidade e Multiculturalismo e baseou-se em pesquisa bibliográfica, e teve com o intuito compreender as definições conceituais e as aproximações e distanciamentos das duas propostas. Tem ainda o sentido de orientar as práticas dos professores do Ensino Superior bem como do Ensino Fundamental e Médio para uma ação inovadora reflexiva e inclusiva, já que as sociedades latino-americanas são em sua constituição plural e, isso requer uma ação pedagógica que dê conta dessa pluralidade, estimulando as permanências bem como as misturas.


PALAVRAS CHAVES: Educação; Interculturalidade; Multiculturalismo.


UM POUCO DA HISTÓRIA DOS CONCEITOS
Falar em multiculturalismo ou Interculturalidade é reconhecer a diversidade constitutiva das sociedades modernas. Não que elas tenham se constituído como plurais dos anos sessenta aos dias atuais, ao contrário, elas se constituíram historicamente plurais…

A BATALHA DO RIO DE JANEIRO

Imagem
Canso de repetir: a criminalidade é intrínseca ao capitalismo.
Porque as molas mestras do capitalismo são a ganância, a busca do privilégio e da diferenciação, e o consumismo.
Ter cada vez mais posses e recursos materiais.
Competir zoologicamente com os semelhantes, no afã de se colocar em situação superior à deles.
Mitigar todas as suas insatisfações adquirindo e desfrutando coisas.
E se relacionando com os outros seres humanos como se eles fossem também coisas a serem desfrutadas; coisificando-os, enfim.
Com isto, nunca é preenchido por completo o vazio da irrealização, sempre falta algo e sempre o que falta é mais importante do que o já conquistado. O homem moderno é um Cidadão Kane que nunca encontra o  rosebud.
Pois os seres humanos só se realizam plenamente na coexistência cooperativa, solidária, harmoniosa e amorosa com outros seres humanos.
O capitalismo é um sistema perverso, que se alimenta do desequilíbrio e da desarmonia.
Que não garante a todos o necessário para todos, embora me…

A volta da Claudir do SINTERO para fazer o que sempre fez...

Imagem
 1*Claudir Mata, após ser derrotada nas urnas, na sua campanha para Deputada Estadual retorna à presidência do eterno grupo que conduz: o SINTERO. O sindicato dos trabalhadores em educação. Novidade? Nenhuma como sempre. Ela e seus fieis escudeiros – parte da trupe - [Fernando, João Duarte, Manuelzinho e etc...] vieram para a cidade de Rolim de Moura, Rondônia, para a sede local, falar do que poderiam ter falado via internet, no site do sindicato. Ô mania desgraçada de querer aparecer a qualquer custo! Para que gastar tanto dinheiro num site que não informa? Mas, sabe como é: isto existe para isso mesmo não é? Como sou teimoso em esperar alguma surpreza....Mas, o que seria de mim sem esta esperança?
2*Depois do blah, blah, blah ritual dos informes de praxe, foram direto ao que lhes interessavam: fazer os séquitos locais “elegerem” alguns delegados para fazerem companhia à turma que vai passear pelo congresso nacional do CNTE. A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação que s…

PARA A "FOLHA", OURO DE TOLO É VITÓRIA DA SOCIEDADE

Imagem
Em 2009 a "Folha" tentou envolver Dilma num sequestro que não houve, além 
de usar como ilustração uma ficha 
falsa que encontrou na web.
Simancol é o que mais falta para o jornal da  ditabranda: mancheteia triunfalmente a obtenção do que queria usar durante a campanha eleitoral e agora não lhe servirá de quase nada.

Foi garimpar, só encontrou ouro de tolo e ainda tenta apresentá-lo com uma "vitória da sociedade". Me engana que eu gosto.

Finda a eleição presidencial, o Superior Tribunal Militar, como Deus e o mundo sabiam que faria, liberou para a Folha de S. Paulo o processo a que Dilma Rousseff respondeu durante a última ditadura, quando foi presa como dirigente da Vanguarda Armada Revolucionária Palmares e barbaramente torturada.
A decisão foi tomada nesta 3ª feira (16/11), por 10 votos a 1.
Ou seja, nada mais houve do que o cumprimento integral da determinação do presidente do STM, Carlos Alberto Soares: evitar que desse processo falacioso e arbitrário, sem valor …

O BLAH, BLAH, BLAH POLÍTIQUÊS DO RAUPP E SEUS CÔGENERES E O VALE DE OSSOS SECOS

Imagem

1- Hoje pela manhã num canal local vi e ouvi o senador re-eleito pelo estado de Rondônia e presidente nacional do PMDB, Valdir Raupp sendo entrevistado. Ele é uma figura humilde, mas, insistentemente onipresente em todo este estado por enquanto. Coisa de político: está sempre na mídia: ser midiático o quanto for possível. Acredita que só existe se for desse jeito. Ele não é o único a agir assim, é obvio. Neste texto, cito-o apenas para falar de todos os outros políticos profissionais deste país. Poderia ser qualquer um, mas o escolhi como “símbolo” porque ele teve o azar de me cansar com seu blah, blah, blah politiqueiro de hoje. Mas, tenha paciência, ele fala, fala e fala e não consegue empolgar. Ele não me deixou esperançoso. Pelo contrário: aguçou meu ceticismo. Lembrou-me a aventura do profeta Ezequiel que lemos no livro do velho testamento da bíblia cristã no livro do mesmo nome do profeta, capítulo 37. Mas, porém, contudo, todavia, lendo essa aventura às avessas, a contrapelo.…

PARTIDOS DE ALUGUEL OU DE BORDEL?

Imagem
Fiquei preguiçoso com a idade: quando encontro um artigo de colega que diz tudo o que há para se dizer a respeito de algum assunto, tenho optado por simplesmente o reproduzir, ao invés de quebrar a cabeça para escrever a mesma coisa de outra forma.
É o caso de Aluguel de partidos, do colunista Fernando de Barros e Silva, um dos poucos profissionais que se mantêm verdadeiros jornalistas na Folha de S. Paulo.

Eis os principais trechos:
"... (designamos com) a expressão 'partido de aluguel' (...) certas legendas nanicas. Mas como chamar um partido que apoia o governo Lula (ou Dilma) na esfera federal e ao mesmo  tempo dá seu apoio ao governo Serra (ou Alckmin) em São Paulo? Partido anfíbio? Partido oportunista? Partido Macunaíma? Partido ao meio?

Não estou me referindo apenas ao PMDB, verdadeiro partido de artistas, capaz de abocanhar a vice-presidência do governo Dilma, segurar com uma mão no governo Alckmin e com a outra fazer acenos para atrair Gilberto Kassab do DEM.

Pens…