Postagens

Mostrando postagens de Agosto 15, 2011

COMANDANTE JONAS? PRESENTE! AGORA E SEMPRE!

Imagem
Nesta 2ª feira (15), às 19 horas, a Câmara Municipal de São Paulo conferirá postumamente o título de Cidadão Paulistano a Virgílo Gomes da Silva, o  Jonas, dirigente da Ação Libertadora Nacional que foi um dos  mortos sem sepultura  da ditadura militar.
Preso em 1969 pelo braço militar da repressão, acabou sofrendo um dos  acidentes de trabalho  que marcaram o período: sucumbiu à violência exacerbada do primeiro dia de detenção.
Mais tarde, na virada de 1970 para 1971, as Forças Armadas decidiram exterminar os militantes que não admitiam ver eventualmente trocados por diplomatas; passaram a encaminhá-los a centros clandestinos de tortura, sem oficializar a prisão. Lá lhes arrancavam informações e depois os executavam, dando sumiço nos cadáveres.
Em 1969 a intenção ainda não era matar, embora isto frequentemente decorresse da bestialidade dos torturadores.
Eis o relato do também ex-preso político Francisco Gomes da Silva: Meu irmão Virgílio Gomes da Silva foi preso e morto no DOI-Codi (O…