Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2017

Professor Nazareno.: Em busca de um símbolo

Imagem
Há em Porto Velho uma minoria de privilegiados que vive em ilhas tipo condomínios padrões, palácio do governo e antigos conjuntos residenciais que foram construídos para pessoas de baixa renda viver, mas que foram, de fato, comprados de maneira desonesta por essa gente que, [eles compraram o “calção” do morador original] uma vez de posse do imóvel, transformaram a casinha padrão em casa bacana de classe média. Esses antigos residenciais, tipo 4 de Janeiro que foram construídos em série, de qualquer jeito, por um empreiteiro amante dessa cidade com recursos superfaturados da Caixa Econômica Federal da época. Esse amante da cidade ficou rico com esse “empreendimento”, ele até já foi parlamentar federal, deu seu nome para um desses conjuntos e foi sindicalista. Só vem a cidade fazer negócios. A cidade é sua puta de estimação. Assim como ele, é esta minoria de privilegiados que podem relaxar fora da cidade, quando quer, que faz beicinho, banca o ofendidozinho e maldizem quando alguém como…

RIGOR EXTREMO NAS PENAS DOS 'TERRORISTAS DE GOGÓ'

Imagem
Em 12 de maio de 2016, a então presidente Dilma Rousseff foi afastada provisoriamente do cargo, substituída pelo vice Michel Temer enquanto durasse a tramitação do seu processo de impeachment no Senado. 
Exatamente oito semanas antes, no dia 17 de março, ela acrescentara mais uma nódoa à sua biografia. E das piores! Foi quando Dilma sancionou a fascistoide lei antiterrorismo, sobre a qual  o senador Humberto Costa, que já era o líder do PT no Senado, disse tudo que havia para ser dito: "O Brasil não precisa de outro AI-5".
É paradoxal que tenha cabido a uma ex-resistente, perseguida e torturada durante o reinado de arbítrio e atrocidades instaurado pelo AI-5, o melancólico papel de dar sinal verde a uma nova escalada de abusos e injustiças!
É vergonhoso que Dilma tenha se prestado a isto, obcecada que estava em provar aos poderosos da economia que nada restara nela da guerrilheira que afrontara a ditadura militar, como se isto ainda pudesse salvá-la do defenestramento anunciado…