SÉRGIO MELO, "O JORNALISTA DA TV CANDELÁRIA" E SUA SUPOSTA "NEUTRALIDADE"

Jornalista no Brasil tem a absoluta certeza que fala para um bando de idiotas e por isso diz o que quer e não gosta quando é surpreendido com perguntas que colocam dúvidas nessa sua crença infantil vindas do meio, justamente, desse bando que ele acredita saberem menos do que ele. Além de tentar insistentemente mentir dizendo que sua fala é neutra ou que o programa que ele apresenta é imparcial, vez por outra, se descuida e deixa claro o quanto é falsa sua pretensão de neutralidade. Esse foi o caso do Sérgio Melo que trabalha como jornalista na TV Candelária e que tem um programa exclusivo chamado Papo News que de News, não tem nada. No Sábado dia 03 de dezembro, após a fala encantada do Governador Confúcio Moura acerca do ex-ministro do governo Lula, o Mangabeira Unger, o supracitado apresentador se descuidou e mostrou o quanto ele exerce a dita neutralidade jornalística que diz praticar. Leia a frase, a pérola dita por ele neste dia.



No programa Via Sat TV, ele voltou a reproduzir essa crença idiota, a da tal neutralidade quando o programa foi questionado por não ter trazido nenhum representante dos PM grevistas para exporem seus pontos de vista a respeito da segurança pública do Estado e das ações do governo contra o seu movimento. A sociedade só ouviu o lado do governo. O programa ao fazer isso deixou bem claro de que lado está. Uma certeza ficou: do lado da tal “neutralidade” ou “imparcialidade”é que não ficou, até porque ele não existe. E ele ficou zangadinho por ter sido inquirido. Que lástima!


1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

CULTURA, INTERCULTURALIDADE E MULTICULTURALISMO: UM INVENTÁRIO DAS IGUALDADES E DIFERENÇAS TEÓRICAS NA EDUCAÇÃO

CABECINHAS ENVENENADAS!

CARTA ABERTA À ADVOGADA GERAL DA UNIÃO