O HORROR DE FINAL DE ANO LETIVO



Atmosfera absurdamente caótica é o momento final do ano letivo. O trânsito de alunos atrás de obter nota ou de se redimir depois de tantas chances perdidas é intenso. Bem como a agonia da falta de organização e de silêncio no interior da escola é absurda. Alunos entram e saem da sala dos professores, da secretaria e direções para reclamar, falar mal e protestar por alguma avaliação mal feita ou injustiça ocorrida. Professores acuados, cínicos e sádicos se misturam com alunos piores do que eles ou vítimas deles: é um horror... Os poucos que tentam agir com honestidade se ferram junto com o resto: todos se lascam! E este mal é um dos frutos da greve inrresponsável ocorrida no início desse ano. Greve que muito desses professores sacanas, especialmente, no fim do ano letivo, adoram fazer sem nenhum compromisso em arrumar a bagunça que ajudou  a criar: bagunça no calendário escolar e na mudança constante de horários das aulas. Os alunos, sim, os alunos, tem muitas almas sebosas entre eles que agora pertubam a todos para se darem bem de qualquer jeito, mas sua grande maioria não passam de vítimas do caótico mundo escolar de Rondônia.

Depois eu descrevo mais essa sensação horrível de final de ano.

Blogspot
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

CULTURA, INTERCULTURALIDADE E MULTICULTURALISMO: UM INVENTÁRIO DAS IGUALDADES E DIFERENÇAS TEÓRICAS NA EDUCAÇÃO

CABECINHAS ENVENENADAS!

CARTA ABERTA À ADVOGADA GERAL DA UNIÃO