Aos bons “companheiros”



DesProf.Peixoto1*

Mais cedo ou mais tarde essa greve há de acabar. Isso é fato! Banal, mas um fato. Mas, ao contrário dos gritos ao longo das procissões feitas pelas ruas da cidade, em frente da Secretaria de Educação, no CPA em Porto Velho, Rondônia; ao contrário do que os “bons companheiros” dirigentes sindicais prometem de bom para a sociedade como compensações caso tenham sua pauta “democrática” de reivindicações aceita, a realidade não parece que será melhor do que antes. Conhecendo o tamanho do companheirismo dos seguidores dessa direção sindical, ouso apostar que depois que esta greve acabar; depois de...
1- CONQUISTARMOS O NOSSO AUMENTINHO E NOSSA LICENÇA-PRÊMIO EM DINHEIRO QUE A DIREÇÃO SINDICAL RECEBEU PRIMEIRO, ANTES DE TODO O MUNDO;

2- RETORNARMOS PARA O NOSSO MUNDINHO - A ESCOLA - PARA CONTINUARMOS FINGINDO QUE ENSINAMOS E OS ALUNOS FINGINDO QUE APRENDE;

3- VOLTARMOS COM TODO O GÁS COM O NOSSO CONSERVADORISMO LATENTE DESDE A NOSSA FORMAÇÃO ACADÊMICA PARA A SALA DE AULA, PARA SERMOS OS TRADICIONAIS QUE FOMOS SEMPRE, ESPECIALMENTE, NA HORA DE AVALIARMOS OS ALUNOS;

4- ACEITARMOS COMO BONS CORNOS MANSOS O CALENDÁRIO ESCOLAR IMPOSTO PELA SEDUC, A FRAUDE DO PROJETO GUAPORÉ DE ENSINO INTEGRAL, A SUPERLOTAÇÃO DAS SALAS DE AULA, A REPOSIÇÃO DAS AULAS AOS SÁBADOS E A PROPAGANDA ENGANOSA DO GOVERNO DA COOPERAÇÃO SEM REAGIRMOS COM FORÇA CONTRA ELA;

5- PERMITIRMOS QUE A DIREÇÃO DO NOSSO SINDICATO CONTINUE GASTANDO MUITO O DINHEIRO SOADO DAS NOSSAS MENSALIDADES COM A CONSTRUÇÃO DA NOVA SEDE PARA O CONFORTO DELES PRIMEIRO E QUE A ASPER, O PLANO DE SAÚDE QUE O SINDICATO NOS BRINDOU AUMENTE SUAS MENSALIDADES EM OUTUBRO DE 2013 ACIMA SE TODO GANHO SALARIAL OBTIDO;

6- VORTARMOS NOS CANDIDATOS A DEPUTADOS ESTADUAIS INDICADOS PELO SINTERO COMO RECOMPENSA PELAS “CONQUISTAS” QUE NOS AJUDARAM A OBTER...

  Tudo, mas tudo, tudinho, continuará como sempre foi até entrarmos em greve de novo. Como nossa historia não muda! Que tragédia!

1*DesProf.Peixoto. Recifense de Pernambuco. Historiador; graduado em História pela UNIR/UFRO em 1997; Professor de História da Rede Estadual de Ensino de Rondônia desde 1990 e readaptado em função do assédio moral sofrido por uma companheira diretora de escola simpatizante do PT e beata sinterista.
PAPERBLOG
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

CULTURA, INTERCULTURALIDADE E MULTICULTURALISMO: UM INVENTÁRIO DAS IGUALDADES E DIFERENÇAS TEÓRICAS NA EDUCAÇÃO

CABECINHAS ENVENENADAS!

CARTA ABERTA À ADVOGADA GERAL DA UNIÃO