Há algo de podre no Reino do Confúcio Moura!

O governo e os sinteristas...

DesProf.Peixoto*1
— 01 —
Várias categorias de servidores públicos estão em greve neste momento e outras prestes a fazer o mesmo. Os motivos são reais. Já quanto aos objetivos: ... Só podemos imaginar. O fato é que isso indica que o Governo Confúcio Moura não vem tratando quem serve ao povo com o devido respeito que o povo e quem os servem merecem. Este governo reproduz as mazelas de outros governos do passado recente e até tenta aperfeiçoá-las, mas, não consegue esconder as falhas que tem. Há algo de podre no Reino do Confúcio Moura!

— 02 —
         O governo alega não ter dinheiro, mas como tem dinheiro para dar aos seus parentes, amigos, amigos dos amigos, todos por ele nomeados para cargos de direção superior, os famigerados CDS? Como explicar que uma apresentadora de uma TV local receba um bom honorário sem trabalhar? Com qual dinheiro ele pretende pagar o “Projeto Guaporé de Educação Integral” que ele quer empurrar de goela abaixo do povo de Rondônia sem construir mais escolas que sejam grandes e adequadas o suficiente para isso, sem ampliar o nível de formação acadêmica dos professores que nelas atuam? Há algo de podre no Reino do Confúcio Moura!

— 03 —
         O governador deveria, ao iniciar seu mandato, tendo um projeto de governo em mente e publicamente conhecido. Deveria, depois de eleito, envolver os diversos interessados na sua correção, mudança de rumo se fosse necessário e com a maioria deles colocá-los em prática. Mas não! Ele preferiu agir sozinho com o seu grupo do mesmo jeitinho como os seus predecessores. O sacana se comporta de forma cínica e desavergonhada. Ele tem maioria folgada de deputados estaduais comprados para aliviar a sua gestão. Rir em suas aparições públicas, sob protesto e posa para foto com alunos da área rural como se nada de ruim estivesse acontecendo com quem é responsável direto pela formação escolar desse povo. Há algo de podre no Reino do Confúcio Moura!
— 04 —
         Nessa altura do mandato desse cidadão, não podemos esperar mais nada de bom que satisfaça a nossa pobre ambição: um pouco mais de salário no bolso para podermos passear no Porto Velho Shopping com sandálias havaianas nos pés e vestidos com um bermudão. Comer Hambúrguer no Mcdonald e comprar um smartphone samsung galaxy para nos exibir na escola como se fôssemos alguém muito importante, mais que os alunos que damos aulas hoje e certos colegas de profissão. E enfim não podermos mais nos sentir tão pequenos que nem anões. Há algo de podre no Reino do Confúcio Moura! O reino da confusão.

1*DesProf.Peixoto. Historiador formado pela UNIR/UFRO em 1997.Atua como Professor de História da Rede Pública de Ensino desde 1990. Um dos autores do Blog do DesProf.Peixoto, cujo link é: http://moisespeixoto.blogspot.com

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

CULTURA, INTERCULTURALIDADE E MULTICULTURALISMO: UM INVENTÁRIO DAS IGUALDADES E DIFERENÇAS TEÓRICAS NA EDUCAÇÃO

CABECINHAS ENVENENADAS!

CARTA ABERTA À ADVOGADA GERAL DA UNIÃO