BOM FERIADO DA TROCA DE DEPENDÊNCIA PARA TODOS!

Por Celso Lungaretti
A chance perdida de uma ruptura altaneira
Hoje é o feriado da troca de dependência. 

Temos motivos para comemorar o fim da dominação imposta e o começo da dominação consentida? 

A substituição do chicote português pela perfídia inglesa? 

O desperdício de mais uma das muitas oportunidades que tivemos de uma verdadeira afirmação nacional? 

Temos D. Pedro I como "libertador" (as aspas são obrigatórias). Nossos  hermanos  têm Bolivar como LIBERTADOR. Pobres de nós!

"Dez vidas eu tivesse..."
Depois de 1822, continuamos fazendo a opção errada nos momentos decisivos. Até hoje.

Sempre deixando que as elites mantivessem as transições sob rígido controle, para que nada realmente mudasse.

Sempre voltando as costas ou não reconhecendo suficientemente os poucos heróis de verdade que produzimos. 

Como Tiradentes. O Dia da Pátria deveria ser o 21 de abril, não o 7 de setembro. E é ao heroico inconfidente que deveriam ser direcionadas todas as homenagens, toda a gratidão do povo brasileiro.

Como Lamarca e Marighella, estes sim  os filhos seus que não fugiram à luta, martirizando-se no bom combate. Aos três eu ergo meu brinde.

Não ao príncipe português. Jamais ao príncipe português! 

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

CULTURA, INTERCULTURALIDADE E MULTICULTURALISMO: UM INVENTÁRIO DAS IGUALDADES E DIFERENÇAS TEÓRICAS NA EDUCAÇÃO

CABECINHAS ENVENENADAS!

CARTA ABERTA À ADVOGADA GERAL DA UNIÃO