O DIABO É TÃO CÍNICO QUE ADMITE A VERDADE NAS ENTRELINHAS

Celso Lungaretti (*)

"O maior truque do diabo foi convencer o mundo de que ele não existe" (frase célebre do filme Os suspeitos)

"Não foram encontrados registros que comprovem o uso de instalações para fins diferentes dos que lhes tenham sido prescritos" (trecho de relatório do Exército sobre o centro de torturas que manteve em SP durante a ditadura militar)

Obs.: concordo plenamente com as linhas pessimamente traçadas manu militari. Afinal, todos estamos carecas de saber que a prática de sevícias, os assassinatos, estupros, ocultação de cadáveres e outros horrores decorreram de uma decisão de Estado. 

As instalações (tanto esta que tinha o torturador-mor Carlos Alberto Brilhante Ustra à sua frente, como todas as congêneres) foram usadas exatamente para os fins que lhes tinham sido prescritos pelo ditador de plantão, pelos ministros militares e pela cadeia de comando. 

Temo, contudo, que não fosse bem isto o que a Comissão Nacional da Verdade esperava ouvir dos fardados...

* jornalista, escritor e sobrevivente de duas dessas instalações inofensivas: o DOI-Codi da Tijuca (RJ) e a PE da Vila Militar (RJ). Na primeira quase enfartou aos 19 anos de idade. Da segunda saiu com um tímpano estourado para sempre.

ACOMPANHE TAMBÉM OS ARTIGOS DIÁRIOS DA SÉRIE MUNDIAL 2014 (clique p/ abrir):
RESQUIECAT IN PACE, TIKI-TAKA.
A NOSSA SELEÇÃO ESTÁ VERDE OU AMARELOU?
ESTREOU (?) O 'CRISTIANO GOLEADO'...
MESSI DESENCANTOU
JOGADORES SE QUEIXAM DO "CALOR INFERNAL"
A HOLANDA MOSTRA AS GARRAS
BRASIL VENCE AOS TRANCOS E BARRANCOS

OUTROS POSTS RECENTES (clique p/ abrir):
JORGE MAUTNER LOUVA A GENIALIDADE DESTE POVO SEM CATRACAS
SERÁ FELIPÃO O ANALISTA DE BAGÉ?
O QUE É PIOR: O LULA AOS BEIJOS E ABRAÇOS COM O MALUF OU A DILMA PEDINDO A BENÇÃO DO EDIR MACEDO?
SOBRE VAIAS, PALAVRÕES, CALCULISMOS E VACILOS
PROJETOS DISPARATADOS VÊM DE LONGE NA REGIÃO AMAZÔNICA

DECRETO 8.243: TRÊS HOMENS EM CONFLITO
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

CULTURA, INTERCULTURALIDADE E MULTICULTURALISMO: UM INVENTÁRIO DAS IGUALDADES E DIFERENÇAS TEÓRICAS NA EDUCAÇÃO

CARTA ABERTA À ADVOGADA GERAL DA UNIÃO