Oiiiii da martha Antelo , a bolivariana-brasileira

OIIIIIIII,
Até que em fim você consegue prender minha atenção a leitura do teu e-mail. Deixa te afirmar o seguinte: Nunca deves te sentir só, se a teu lado direito esta nosso amigo infalível Jesus Cristo,entrega tudo pra ele e o mais ele fará, apesar de tudo ainda me considero e me considerarei sua amiga, estava apenas esperando o momento oportuno para te escrever e te dar um pouco de atenção, me perdoe pela demora.
Não.

CARTA RESPOSTA A UMA AMIGA BOLIVARIANA-BRASILENHA-MARTHA FERREL

Perdão minha amada amiga, irmã mais velha, bolivariana pelas minhas lamentações. Até pareço o profeta Jeremias, o chorão.
É verdade que, grande parte da culpa disso tudo que estou vivendo é minha. Às vezes eu não consigo entender como consigo dominar determinadas áreas do conhecimento humano, menos o que pode acontecer em nossos corações. Meu choro não é pelas dificuldades financeiras em si, mas por ter me apegado a pessoas especiais como tu, Ana cricri, rosa fumaça, tua irmã, teu marido, Joaci, Dora, Daniel e tantos outros e que não consigo ficar tão longe. Eu sou assim, demoro, mas quando me apego, faço isso de todo o meu coração. Tem-se um nome que pode resumir tudo isso, este nome é SAUDADE!
Sinto uma falta da moléstia dos cachorros! Gostava de passar pela sua casa para filar bóia, tirar sarro do seu sotaque brasileiro-boliviano; brincar com a sua irmã; sacanear com o feminismo da Ana e a fumaça daquela véia-amiga. Puxa! Não é fácil criar novas relações sociais. Agora si como um estrangeiro se sente!
Vou torcer para que você ao menos venha me visitar no meu funeral. Não se esqueça deste cara que te ama de todo o coração. "Há amigos, mas chegados que irmãos! ' Não se esqueça disso.
Seu Peixoto.
Entre no meu orkut e verás as fotos de todos, ok e entre também no meu blog, seja uma das participantes: http://moisespeixoto.blogspot.com
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

CULTURA, INTERCULTURALIDADE E MULTICULTURALISMO: UM INVENTÁRIO DAS IGUALDADES E DIFERENÇAS TEÓRICAS NA EDUCAÇÃO

DEPOIS DO VENDAVAL

CABECINHAS ENVENENADAS!