O CHARME VOLTA AO SEU ACONCHEGO: A "NOVA" DIRETORA DA E.E.E.F.M QUATRO DE JANEIRO EM PORTO VELHO- RONDÔNIA.


1- As 17:47 do dia 01 de março de 2011 fui informado que a colega paraibana e professora de ensino do português Suênia Gomes foi  nomeada sua diretora pela segunda vez em sua carreira profissional.

2- Mui-veterana e ainda bem conservada e atraente se comparada a outras poucas beldades que a anos lecionam nessa escola, mas pelo tempo que tem de casa, pode ser vista como uma espécie de "patrimônio tombado" da escola. Acho até que ela partirá algum dia dessa para uma melhor, digo, para a "glória" estando ainda dentro dessa escola...

3- A escola volta, teoricamente, a ter  o charme perdido de volta para o seu aconchego. Conheço-a desde quando tinha cabelos bem curtos e foi "mandocrata" pela primeira vez. Conserva o sotaque nordestino e os trejeitos que  lembram muito a personagem de Hanna Barbera, cuja imagem associo a ela.

4- É uma faz-tudo que lembra muito os "orêia-secas" da construção civil. Ensaia quadrilhas para festa junina dentro da escola, promove rifas quando a escola precisa de consertos, sai atrás de patrocinadores privados para os eventos tidos como "importantes" no gordo calendário escolar que é praticado por essa escola, atua como diplomata nas arengas que ocorrem entre os colegas, é popular entre os alunos, gosta muito de sorrir e de brincar, participa dos eventos do sindicato, gosta de misturas esquisitas como do Nereu e do Raulp e fuma. E como fuma...

5- Quanto a pedagogia...isso eu comentarei depois. Mas espero muito que ela siga o aforismo de Heráclito de Éfeso:“Tu não podes descer duas vezes no mesmo rio, porque novas águas correm sempre sobre ti”. Vou aguardar seus primeiros movimentos para saber se vai conservar o dito "PPP" que foi de fato praticado [não o que está escrito] durante  oito anos e dois meses por um pequeno grupelho ou se vai agir diferente. Tomara que sim, espero que sim. O charme precisa voltar para seu aconchego de fato, não apenas na teoria.

6-Sú gomes, boa sorte! Deixo-vos para sua degustação a seguinte canção do Duca Leindecker:

BOSSA


Cidadão Quem
Composição: Duca Leindecker
Atenção
As pessoas não precisam
Ser iguais às outras
Aceite ou não
Mas você é única
No mundo assim
Uns são mais
Coordenados, determinados
Obcecados
E outros atrás
Vão levando a vida
E quem ousa dizer
Que é pior?
Há quem construa aviões
Escreva as revistas
E outros dedilham violões
Eu digo
Hei!
Você que sabe tudo
Me diga como perguntar
Se eu não sei
Você que pensa em tudo
Me mostre o quanto pode amar
Atenção
As pessoas não precisam
Ser iguais às outras
Aceite ou não...


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

CULTURA, INTERCULTURALIDADE E MULTICULTURALISMO: UM INVENTÁRIO DAS IGUALDADES E DIFERENÇAS TEÓRICAS NA EDUCAÇÃO

CABECINHAS ENVENENADAS!

CARTA ABERTA À ADVOGADA GERAL DA UNIÃO