beatum


Termo em latim que pretende significar: “beato”, isto é, "feliz", "bem-aventurado”. O sofrimento de Lula, o bom humor com que lida com a situação e como seu partido lida com esse fato, não só “consolidarão o único mito político brasileiro deste início de século XXI”, mas também beatum”. Se morrer por causa dessa doença, com certeza, morrerá feliz, sabendo que muitos se lembrarão dele, que a memória que muitos construirão ao seu respeito o tratará quase como um santo. Ele não só galgou o status do Getúlio Vargas, mas também do Miguel Arrais em seu tempo áureo em Pernambuco.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

CULTURA, INTERCULTURALIDADE E MULTICULTURALISMO: UM INVENTÁRIO DAS IGUALDADES E DIFERENÇAS TEÓRICAS NA EDUCAÇÃO

DEPOIS DO VENDAVAL

CABECINHAS ENVENENADAS!