Ao Senhor Dr. Silas Andrade, neste...

Senhor Dr. Silas Andrade só agora, dia 22/10/2013 às 20h41min – horário de Rondônia li este seu e-mail. Prontamente atendi ao seu pedido e apaguei a reprodução da matéria intitulada: Médicos chefiados por Carlos Henrique Ribeiro do hospital Salgado Filho são denunciados pelo MP por formação de quadrilha” de 16/04/2010 .

Gostaria, portanto de informar que eu não fui o autor dessa postagem, mas um dos meus colaboradores. Nem sequer li, pois não exerço censura. Mas como sou o principal responsável pelo blog, prontamente, atendi ao vosso pedido, pois não me interessa ofender ou cometer injustiça contra ninguém. Lamento se a reprodução da referida matéria tenha colaborado para ofender a imagem do seu cliente e muito obrigado por me alertar! Serei mais cuidadoso daqui por diante.
Grato.
Moisés Peixoto


Eis o teor do e-mail que recebi do Sr.Dr. Silas Andrade:

Caro Sr MOISES PEIXOTO
Em 2010 , a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro , através de uma operação policial(fantasiosa), precipitadamente divulgou o nome de meu cliente Carlos Henrique Ribeiro, como suposto chefe de quadrilha que fraudava o hospital salgado filho. Durante todos esses anos, vimos lutando e provando sua inocência no caso em pauta, e estamos na fase de apuração de responsabilidade civil dos orgão de imprensa pela exposição maléfica de meu cliente .
Segue uma notificação extajudicial, em fase harmonica, para que seja retirara da página do seu BLOG,
publicadas  na matéria ,      “Médicos chefiados por Carlos Henrique Ribeiro do hospital Salgado Filho são denunciados pelo MP por formação de quadrilha.”, de 16/04/2010 .
Haja vista que em fase de conciliação, o GOOGLE , informa ao juízo que não consegue retirar esta página por ser de sua inteira responsabilidade.
Contamos com sua compreensão, no sentido de afastarmos a demanda judicial em face deste orgão de imprensa .
Atenciosamente
Dr. Silas Andrade

Advogado
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

CULTURA, INTERCULTURALIDADE E MULTICULTURALISMO: UM INVENTÁRIO DAS IGUALDADES E DIFERENÇAS TEÓRICAS NA EDUCAÇÃO

CABECINHAS ENVENENADAS!

CARTA ABERTA À ADVOGADA GERAL DA UNIÃO