Ӧ protestantismo politeísta. Por Ӧsvaldo Luís Ribeiro

Ӧ protestantismo politeísta
 Por. Ӧsvaldo Luís Ribeiro




Ӧ 500 anos de Reforma. Quase... O luterano clássico faz com Lutero o que o cristão clássico faz com Jesus: endeusa... Fosse o protestantismo politeísta, Lutero teria sido divinizado... Já o bom luterano faz como o bom cristão deve fazer: sopesar o fato de que tudo que está escrito sobre Jesus é discurso de adeptos, adeptos daquele mesmo tipo que disseram que Salomão era o homem mais inteligente do país, adeptos pagos para dizer o que tem e dizer, porque fazem por puro prazer, prazer de ovelha, prazer de tiete, prazer político-psicológico...
O cristão deveria reconhecer que tanto o deus dele é mais um dentre vários, ou mais um nenhum dentre nenhuns, e que seu Jesus é construído por gente que, como sempre ocorre com seguidores de guru, pintam com cores bonitas o que nem sempre era colorido...

Mas, cá entre nós, quem?
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

CULTURA, INTERCULTURALIDADE E MULTICULTURALISMO: UM INVENTÁRIO DAS IGUALDADES E DIFERENÇAS TEÓRICAS NA EDUCAÇÃO

O OUTONO DO PATRIARCA CHEGA AO FIM: FIDEL CASTRO ESTÁ MORTO.

DEPOIS DO VENDAVAL